fbpx

Vigilância da Gravidez: cuidados essenciais a ter em conta

A gravidez é uma fase da vida que acarreta uma série de alterações fisiológicas, físicas e emocionais. Cada gestação é única e cada mulher vive esta fase de forma diferente. Neste sentido, a vigilância da gravidez desempenha um papel fundamental na garantia da saúde materna e fetal.

O acompanhamento da gravidez inclui um conjunto de cuidados médicos e de vigilância que visam vigiar o desenvolvimento da gravidez, prevenir complicações e assegurar o bem-estar da mãe e do bebé. Em Portugal existem diretrizes e protocolos estabelecidos que orientam os profissionais de saúde a oferecerem uma assistência adequada durante essa fase tão especial na vida da mulher.

 

Acompanhamento global: da preconceção ao puerpério

O acompanhamento preconcecional é o primeiro passo na vigilância da gravidez. Recomenda-se que a mulher procure assistência médica antes mesmo de engravidar, em consulta de planeamento familiar, sendo esclarecida acerca da importância da preparação de uma gravidez, de modo a tomar decisões informadas acerca do seu futuro reprodutivo. Esta consulta constitui uma oportunidade de avaliação da saúde materna, instituição de suplementação vitamínica recomendada e transmissão de informações importantes.

Após o nascimento do bebé é recomendada uma consulta de revisão puerperal de forma a avaliar a evolução materna após este período de grande transformação.

 

Consultas pré-natais

Durante as consultas pré-natais o médico obstetra realizará exames físicos e laboratoriais, além de oferecer orientações sobre cuidados básicos, como alimentação adequada, suplementação de vitaminas e minerais, atividade física, repouso e higiene pessoal. Para além da avaliação do bem-estar materno-fetal, estas consultas têm como objetivo a deteção precoce de fatores de risco e promoção da educação para a saúde.

É também nesse momento que se estabelece uma relação de confiança entre a grávida e a equipa médica, possibilitando o esclarecimento de dúvidas e a discussão de eventuais preocupações.

 

Calendário das consultas pré-natais

1ª consulta – idealmente antes das 12 semanas

Até 30 semanas – consultas periódicas com intervalos de 4 a 6 semanas entre si

Das 30-36 semanas – consultas periódicas com intervalos de 2 a 3 semanas entre si

Depois das 36 semanas – consultas periódicas com intervalos de 1 a 2 semanas entre si

 

Ecografias da gravidez

Estes exames são cruciais para identificar possíveis complicações, tais como a restrição de crescimento intrauterino ou malformações congénitas e têm diferentes objetivos, dependendo do tempo de gestação:

Gravidez inicial – confirmar viabilidade fetal e datação correta e precoce da gravidez

11-13 semanas – rastreio de malformações e anomalias cromossómicas

20-22 semanas – avaliação morfológica e rastreio de malformações e cromossomopatias

30-32 semanas – avaliar desenvolvimento e bem-estar fetal, estimar peso do feto.

Outras avaliações ecográficas podem ter indicação noutras fases da gravidez.

 

Avaliação analítica

As análises clínicas pedidas ao longo da gravidez visam rastrear situações que possam comprometer a evolução saudável do feto ou da mãe.

 

Acompanhamento contínuo e cuidados especiais

A vigilância da gravidez não se limita às consultas pré-natais regulares. Inclui também o acompanhamento de situações de risco específicas, como a gravidez de alto risco ou a presença de doenças pré-existentes na mãe. Nestes casos, uma equipa multidisciplinar, composta por médicos obstetras, outros especialistas e enfermeiros, trabalha em conjunto para garantir um cuidado personalizado e adequado às necessidades da grávida.

É fundamental que a mulher esteja atenta aos sinais de alerta durante a gravidez, tais como sangramento vaginal, dores abdominais intensas, diminuição dos movimentos fetais ou aumento súbito de peso. Caso surjam quaisquer sintomas ou dúvidas, deve entrar em contacto com a equipa médica responsável para uma avaliação adequada.

 

Na vigilância da gravidez tenha em consideração

A vigilância da gravidez desempenha um papel crucial na promoção da saúde materna e fetal. O acompanhamento pré-natal regular, os exames de rastreio e a monitorização contínua são essenciais para identificar precocemente complicações e garantir um tratamento adequado. Além disso, a vigilância permite que a grávida esteja bem informada sobre os cuidados necessários para uma gravidez saudável, assim como proporciona um espaço seguro para esclarecer dúvidas e receber apoio emocional.

Cada gravidez é única e requer uma abordagem personalizada. Assim, é fundamental que a grávida esteja em contacto com profissionais de saúde qualificados e siga as orientações e recomendações médicas.

 

Leia primeiro no seu email.

Não se preocupe, apenas enviamos conteúdos que podem melhorar a sua saúde.

Centro de de senvolvimento
da Criança

O CDC tem como missão prestar cuidados de saúde de elevada diferenciação e qualidade nas áreas das Doenças do Neurodesenvolvimento e da Neuropediatria.

Este website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de utilização. Consulte a nossa Política de Privacidade.

Abrir WhatsApp
1
Como podemos ajudar?
Bem vindo à Vale Besteiros
Como podemos ajudar?